Papinho de Blogueiro · Sendo Eu

Papinho de Blogueiro #6 – Com Bianca do Digavando

para-meninas-capas-de-caderno-descolada-55-1012

Oiii amores!!

Vou antecipar o post que sairia amanhã (sexta) para hoje, porque essa semana está sendo bem atribulada e também por estar muito ansiosa para compartilhar com vocês mais um PAPINHO DE BLOGUEIRO!

Esse é muuuito especial, pois será com a Bianca do blog DIGAVANDO, sobre um tema que amo: Livrosssss!!! Todos por aqui já sabem que sou fã de livros e leitura, desde sempre, e a Bianca tem isso em comum comigo! 🙂 Ela vai mais adiante no seu blog, pois escreve textos lindos, faz muitas resenhas de livros, enfim, é um blog para ninguém ‘botar’ defeito.

Então, deixo com vocês um pouco do que “conversamos”, e um convite para acessarem o blog dela. Tenho certeza de que não vão se arrepender!

46da3f92a6bc49bd4af5be3c709e6ee3

Tema: Livro e Leitura

1. Sou uma leitora viciada assumida, igual a você, certo? Então, como surgiu essa paixão pelos livros? Qual livro te fez “despertar” para o prazer de ler?

Quando eu era novinha, e meus pais moravam juntos ainda, eu via muito meu pai lendo. Ele tinha vários livros, e sempre me incentivou a ler bastante. Eu lembro de uma vez quando era criança que meus pais me levaram na Bienal do Livro e me compraram uma caixa de livros infantis (uma coleção). Então eu não faço a menor ideia de qual foi o primeiro livro que me marcou e que me fez pegar gosto pela leitura, porque desde que me conheço por gente entendo que ler é um prazer imenso e que livros são as coisas mais legais de se ganhar/comprar. É uma paixão enraizada em mim! 🙂

2. Qual o gênero e “estilo” de livro que você mais gosta/lê? Prosa ou poesia? Ficção, romance, suspense…

Eu AMO sagas. No geral leio muito Young Adult e Chick-lit, mas geralmente escolho o tipo de livro de acordo com meu humor. Tem épocas que gosto mais de terror, e tem épocas que prefiro um ficção científica. Poesia é uma coisa que não leio muito, mas gosto também. Posso afirmar com certeza que não gosto de auto ajuda, nem livro religioso, o resto eu leio e gosto (se for bom).

3. Qual livro e escritor você indica pra todo mundo?

Vixi! São tantos. Mas geralmente indico Sophie Kinsella para as meninas, e Nu, de Botas para todo mundo! Se me pedir uma dica e me falar quais são os seus gostos, eu posso ajudar melhor! ajsdhajksdh

4. Quantos livros você já leu esse ano? Tem alguma ideia de quantos já leu até hoje?

Olha, imagino que li pelo menos uns 30 livros completos esse ano. Na vida, eu não faço a menor ideia, mas com certeza foram muitos.

5. Houve algum livro que você criou a maior expectativa e que, quando leu, não gostou?

Nossa, vários! O último que consigo lembrar foi um do Bukowski chamado Misto quente, que um amigo me indicou como o melhor autor do mundo. Eu já tinha ouvido falar muito dele, e fui ler. GENTE, que decepção. Nem consegui chegar até o final, achei realmente péssima a visão de mundo dele e as nojeiras que escreve.

6. Com qual personagem de livro você mais se identifica? Por quê?

Eu faço muita transferência dos personagens pra minha vida, então todo livro legal que eu leio me vejo em alguma coisa. Fiquei muito tempo me considerando muito Bella (Crepúsculo) e já passei pela fase Hermione de ser. Atualmente fico mudando mesmo, de acordo com o livro.

7. (extra) Por que o nome do blog é Digavando? (desculpe, sempre tive curiosidade a respeito disso)!

Muita gente confunde, e já fui marcada em várias TAGs como diVaGando. kajsdhkajsdh

Na verdade eu queria um nome único, de uma palavra só. Eu troco várias vezes a ordem das letras e das palavras, então aproveitei isso e criei o digavando. Mas sinto que preciso inventar uma história muito mais legal de como surgiu o nome. aksjdhaksjdh

Perguntas sobre o Blog:

1. Como surgiu a ideia de criar o blog?

Eu já tive um blog no passado, onde escrevia textos meus e coisas como diários virtuais. Era péssimo. Mas resolvi fazer uma coisa mais bonita e organizada pra compartilhar as coisas que escrevo, e pra dar dicas de leituras que gostei. Hoje uso o blog como um portfólio de escrita também, mas a essência dele ainda é compartilhar meus textos, e minha opinião sobre livros, filmes ou séries que acho legais. E eventualmente dar uma informação útil como um projeto bacana de divulgar, ou promoções de livros que rolam por aí.

2. Do que você mais gosta de falar?

Livros? askjdhaksjdhaskj Eu gosto muito de falar de livros e do mundo da escrita no geral. Mas adoro conversar sobre tudo, e escrever sobre coisas que me dão prazer.

3. Um conselho pra quem quer ter um blog, mas não sabe como começar.

Comece. Hoje em dia é muito fácil criar um blog no WordPress ou no Blogger, e em poucos passos você já cria seu espaço. Aí é só definir o que você quer escrever nele, se vai usar como diário, como divulgação dos seus textos, como blog especializado em algum assunto, e escrever. Não tem muito segredo, e acho que o segredo é ser sincero sempre, e não esperar ficar rico com isso (as pessoas que ficam demoram muito pra chegar lá).

Então, ela não é maravilhosa???

Também adorei o Papinho de hoje!

Xero grande 🙂

Papinho de Blogueiro · Sendo Eu

Papinho de Blogueira #5 – com Pamela (Pamela Voos)

Oii meus amores!

Hoje temos mais um “Papinho de Blogueiro” incrível! Minha “entrevistada” é a Pâmela, do blog Pâmela Voos. Ela é uma fofa, supertalentosa, além de muito simpática. Fico babando com o blog dela, com as fotos de viagens que ela faz, com as comprinhas internacionais, com as dicas de tudo que ela tem (sério, ela tem umas dicas maraaaa, principalmente no quesito beleza)… Enfim, o blog vale uma visita, uma curtida, um comentário, uma seguida, tudo!!! haha

Sem mais delongas, vamos ao nosso Papinho!!

791c07619b313098b7eae89990eef03a

Tema Duplo: Viagens e Compras Online

1. Preciso confessar que adoro tudo o que você escreve, mas principalmente quando o assunto é viagens. Para quantos lugares você já viajou (aproximadamente)? Conhece muito do Brasil? Muito obrigada! Adoro compartilhar minhas experiências, e melhor ainda é saber que tem gente que gosta ♥. Bom, já fui para quatro países além do Brasil. Portugal, França, Inglaterra e Estados Unidos. Confesso que não conheço muito do Brasil (mas adoraria conhecer mais), aqui dentro já fui para a Bahia, São Paulo, Rio (♥), Paraná e Rio Grande do Sul (ahh, Santa Catarina não conta né? Haha amo morar aqui ♥). Como eu falei ali em cima, adoraria conhecer mais do Brasil, os estados que eu mais tenho vontade de conhecer são Mato Grosso, Fortaleza e Amazônia.

SONY DSC

2. Desses lugares que você já conheceu, qual o que mais gostou, e por quê? Teve algum momento, tipo, inesquecível para você? Nossa é difícil escolher apenas um, viu? Viajar para fora é incrível, mas muita gente perde de conhecer as maravilhas que temos aqui no nosso país. Rio de Janeiro é um lugar incrível, recomendo para todo mundo, é só alegria haha. Maaaas, da minha vida toda, o que eu voltaria para sempre é, sem dúvidas, Paris. Não sei explicar muito bem o porquê, mas foi amor à primeira vista. Confesso que antes de ir para lá, eu nem tinha vontade, e não achava aquilo tudo… Mas a primeira vez que vi a Torre Eiffel, chorei! Foi o momento mais inesquecível da minha vida, arrepio só de lembrar!

3. Quando você viaja, você se preocupa em economizar em hospedagem, comida, passagens? Quais as dicas que você daria para quem quer viajar, mas não pode gastar muito. Bom, como até hoje eu só viajei com meus pais (muita sorte) eu nunca me importei muito com os preços, eles preferiam não comentar. Mas como eu mesma pagava as minhas “muambas” da viagem, era necessário economizar, e claro, não sair comprando tudo o que vê. Sério, dá vontade, mas você tem que se controlar! Sobre as dicas: estou planejando uma viagem sozinha, onde pagarei com meu próprio dinheiro, sim é possível! A dica que dou, e que estou seguindo é: hostels e comida de supermercado. Infelizmente, se você quer uma viagem mais barata, terá de abrir mão do conforto.

4. Outro tema que amo quando você posta são suas compras, muitas delas feitas em sites gringos (amo de paixão). Quais as recomendações que você daria para quem quer comprar online com segurança? Olha, não sei como eu vivia antes de descobrir os sites gringos! Haha, tem tudo!!! Bom, a maior segurança que tenho é o boleto, compro apenas por boleto, além de seguro, a cotação do dólar é na hora e quem não tem conta pode pagar em lotérica. (ok, confesso que compro no boleto pois bloqueei meu cartão de crédito kkkkk mas isto não vem ao caso, né?). O lado ruim do boleto é que muitos sites não usam esta forma de pagamento. O meu maior amor é o AliExpress, já comprei mais de 150 coisas lá, e foram poucas as que eu me arrependi. A dica é: olhe as avaliações, sempre tem alguém que posta a foto do produto, não tem segurança maior que esta!

5. Qual a peça que você mais amou comprar, e qual a que não valeu a compra? Af Mari, você e suas perguntas difíceis! Hahaha. Difícil escolher uma, acho que escolheria meus blazers da “Zara” haha, mais pelo preço, pois aqui é louco de caro! Uma que não valeu a pena foi um chapéu, que quando comprei achei que seria a diva do inverno, mas quando chegou foi uma decepção só! Resumindo: parece que coloco um guarda-chuva na cabeça! Hahahah horrível!

6. Indica alguns sites para quem quer comprar online baratinho! O meu favorito é o AliExpress, compro sem medo! Outros da china que já comprei foram o dealextreme e tinydeal. Outro legal e gringo é o Amazon, mas este só aconselho se você está viajando pelos Estados Unidos, aí você manda entregar no hotel e tudo certo. Um nacional que eu amo (e tenho lojinha, confiram haha), é o enjoei.com, já comprei váaarias coisinhas!

SONY DSC

Perguntas sobre o Blog:

1. Como surgiu a ideia de criar o blog? Antes deste atual, eu já tive uns 5! Desde sempre eu tento manter um, mas sempre acabo desistindo por preguiça ou pelo receio de não tem gente lendo. O que mais me fez ficar com vontade de criar outro blog (este atual) foi de passar minhas experiências para outras pessoas, mas não apenas experiências tipo viagem, e sim, experiências de vida!

2. Do que você mais gosta de falar? Adoro falar de viagem e dicas de compras, você acertou em cheio no tema! São duas coisas que eu amo fazer e amo compartilhar com os outros.

3. Um conselho pra quem quer ter um blog, mas não sabe como começar. Cara, só começa. Não precisa de grandes coisas, sabe? Apenas seja você. É clichê, mas é verdade. Não fale de coisas que você não gosta, se não fica forçado demais, fale daquilo que ama, e de experiências que você realmente viveu, assim fica natural e você ainda se sente confortável ao responder os comentários.

Juro que amei as respostas dela, super coerentes! Agora ficou mais fácil para mim, fazer compras online, adorei os “toques” que ela deu! E quem quiser conhecer mais da Pâmela, é só acessar o blog dela. O link está lá em cima!!

Xero grande!

Papinho de Blogueiro · Sendo Eu

Papinho de Blogueiro #4 com Helen, do Mundo da Helen

Sei que estou bastante atrasada com os “Papinhos de Blogueiros” por aqui, desde que saí de férias não publiquei nada, mas não pensem que acabou ou que esqueci! Ainda temos um monte de blogueiros legais para conhecer, e cada vez mais me surpreendendo com as pessoas incríveis e talentosas que encontro por aqui.

Então, a postagem de hoje é com uma querida, ou melhor, amada como ela mesmo diz: Sim, é a Helen, do Mundo da Helen! A Helen tem um blog super legal, que fala de beleza, principalmente sobre unhas, esmaltes e maquiagem. Adoro as “esmaltadas” que ela posta, e as makes que ela faz. Pois chega de conversa e vamos “papear”!

tumblr_static_siga_o_blog

PAPINHO DE BLOGUEIRO #4 – Beleza, por dentro e por fora

 

1. O seu blog é bem diversificado, mas foca em beleza… Então, pra você, o que torna a mulher mais bonita (tipo, cabelo bem cuidado, pele, unhas, make…)?

Helen: Creio o que torna qualquer pessoa mais bonita é se sentir bem consigo mesmo, ter um bom humor é fundamental para tudo na vida!

 

2. Qual é sua rotina de beleza diária? Quais produtos ou passos você indica pra quem quer ficar mais bonita/bem cuidada?

Helen: Estou usando todos os dias produtos para controlar a oleosidade na minha pele do rosto e depois um bom hidratante. Procure sempre o que se dá melhor com seu tipo de pele, posso indicar alguns que não te farão tão bem quanto em mim, o certo é descobrir que melhor fica em ti!

3. Indique duas marcas que você ama: uma cara e uma baratinha.

Helen: Nossa difícil, pois sua muitos produtos com preço acessível, com exemplo da Renew da Avon, que é fácil acesso. Um caro posso dizer da minha base da Revlon, é ótima mas dependendo do seu bolso ele pode ser considerado caro.

4. Quais os conselhos de beleza que você indicaria pra todo mundo, tipo, seus segredinhos pra ficar sempre linda.

Helen: Protetor solar sempre, nada de preguiça, use todos os dias!

5. Eu, pessoalmente, AMO as esmaltadas que você posta sempre no Mundo da Helen. Você mesma que faz suas unhas? Pode dar algumas dicas pras meninas que, como eu, são um desastre na arte de fazer unhas?

Helen: Sou eu mesma que faço desde pequena amo fazer as unhas. Algumas dicas siga blogues que ensinam fazer as unhas, assista vídeos e nunca desista, continue tentando sempre.

6. Quais suas combinações de esmaltes preferidas? Quais você indica pra quem tá começando?

Helen: Não tenho nenhuma predileta, gosto de todas, depois que entrei pra esse mundo me inspiro em algumas blogueiras e flickeiras amigas e me jogo na tentativa de conseguir fazer algo parecido.

7. Você tem alguma dica pra quem tem unhas fracas e quer fortalecê-las? Podia compartilhar com a gente?

Helen: Usar um bom fortalecedor de unhas e alimentação também ajuda muito.

 Perguntas sobre o Blog:

1. Como surgiu a ideia de criar o blog?

Helen: Antes de fazer o meu mundo, havia participado de um outro blog, depois de um tempo resolvi sair e fazer o meu próprio que já irá completar 4 anos, é muito amor!
 
2. Do que você mais gosta de falar?

Helen: De tudo que falo lá, claro que tenho mais afinidade com esmaltes, mas gosto de falar sobre tudo mesmo.
 
3. Um conselho pra quem quer ter um blog, mas não sabe como começar.

Helen: Faça amizades isso vai te ajudar muito, seja humilde, ninguém gosta de soberba, faça algo só seu, surpreenda as pessoas, elas tem que achar algo que não encontram em outro lugar só no teu blog, esteja presente em redes sociais, seja criativa. Creio isso é bom começo

Adorei as dicas que a Helen deu, e também de sua simpatia e humildade. Fico muito feliz em conhecer cada vez mais blogueiros e blogueiras tão humanos, gente boa e criativos, cada um a seu modo!

Xero no ôi pra todos!

Papinho de Blogueiro · Sendo Eu

Papinho de Blogueira – #03 Com Nanda Ferreira

Oi meus Amoresss!!! Como sei que vocês estão gostando, hoje posto mais um Papinho de Blogueira, o de hoje com a NANDA, do TUDO AOS DEZOITO! A Nanda é uma fofa, tem um filho liiindo (o Arthur), e fala no blog sobre a experiência de ser mãe bem jovem, dos desafios de criar um filho, além de viagens, moda, cultura, tudo relacionado à sua vivência pessoal. Confesso que já precisei de algumas dicas/orientações na minha vida com Davi, e encontrei muitas no blog dela.

untitled

Então, vamos conhecer um pouco mais dela e do seu blog?

#Papinho de Blogueira – 03 Com Nanda Ferreira

(Blog: Tudo aos Dezoito)

Tema: CASAMENTO E FILHOS AOS DEZOITO

1. Como foi quando você descobriu que estava grávida?

Foi bastante assustador. Eu não planejava, nem queria um bebê. Meus planos eram curtir meu namoro e independência, ter uma vida bem estruturada, com um bom emprego, uma casa, um bom carro, para depois pensar em filhos… Mas quando vi aquele positivo, não vou negar, foi amor desde o primeiro momento, acho que só a suspeita de estar grávida já te faz gostar de ser mãe. E depois, mesmo com medo de todos os problemas que estavam por vir, me apeguei ao Arthur e decidi que a partir daquele dia buscaria um futuro melhor para mim e para ele.

2. Qual foi a reação do Jhonatas? Ele te apoiou?

O Jhonatas foi o melhor namorado do mundo, nem eu esperava que ele fosse me apoiar tanto! Enquanto eu chorava desesperada, sem ter para onde correr, ele era minha zona de conforto. Sempre me motivou a continuar e nunca fugiu de seus compromissos como pai.

3. E como foi contar para os seus pais? Eles te apoiaram?

Meu pai é falecido, então a barra ficou toda para minha mãe, coitada. Quando dissemos que tínhamos feito o teste e que tinha dado positivo, ela não acreditou e brigou muito comigo e com o Jhonatas. Ainda ficou uns dias meio chateada comigo, mas logo voltamos a nossa relação de antes. Ela é o tipo de mulher bem paciente e sensata, acho que isso contribuiu para que entendesse que aquele era um momento difícil para todos.

4. Quais as maiores mudanças na sua vida após o nascimento do Arthur?

Eu ter crescido foi a maior mudança. Precisei sair daquela vidinha de adolescente sem compromissos e começar a me preocupar com coisas que meninas da minha idade nem sequer sabe que existem. Isso tudo aconteceu em um período muito curto de tempo e me fez perder muitos “amigos”. Em troca, ganhei uma experiencia imensa. Agradeço a Deus por ter me dado essa perspectiva do mundo aos 19 anos. Hoje dou mais valor a minha mãe, acho que crianças são as coisas mais especiais do mundo e que a base de um mundo melhor é a família.

5. Como você e Jhonatas ficaram depois do nascimento do Arthur? Decidiram se casar, ou acharam melhor morar separados?

A gente mora junto, mas na casa da minha mãe. Decidimos morar aqui, porque assim teríamos mais auxilio na hora de cuidar do Arthur. O Jhonatas sempre quis estar perto do filho para ver ele crescer dia-a-dia, então nem cogitamos a ideia de estarmos separados. Pretendemos nos casar depois de construir nossa casa. Fazer o que, eu sonho me casar de véu e grinalda e no momento não temos condição para isso. Aliás, esse sonho foi mais um que chegou junto com a maternidade.

6. Quais dicas você daria pras meninas que estão passando pelo mesmo que você passou?
Eu diria para não desanimarem nunca. Quando você não tem nada na vida e se vê grávida, a sensação que dá é que o mundo acabou e que seu futuro vai ser mendigar por aí. Mas não… Tudo com força de vontade e amor se alcança! Elas podem estar sozinhas e tudo, mas o que vai fazer diferença é a força de vontade delas.

 sgfsfsfs
Perguntas sobre o Blog:

1. Como surgiu a ideia de criar o blog?

O blog surgiu para dividir um momento difícil e ao mesmo tempo muito especial que estava se passando na minha vida: a chegada do Arthur.Meu objetivo era conhecer mulheres como eu e trocarmos experiencias.

2. Do que você mais gosta de falar?

De tudo kkk’ O Tudo aos Dezoito é um apanhado de tudo que gosto e faz parte do meu dia-a-dia. Alguns assuntos eu domino menos, então tenho que pesquisar mais, como moda e beleza. Mas gosto muito, então é sempre gostoso saber mais e dividir com o pessoal.

3. Um conselho pra quem quer ter um blog, mas não sabe como começar.
Informem-se! Manter um blog não é fácil, ainda mais se você planeja fazer dele sua fonte de renda. Hoje em dia ter um lugar para jogar textos e fotos de look do dia virou sinônimo de status e menininhas de 8 anos, acham que podem ser uma Taciele Alcolea da vida.
Infelizmente, não é assim. Então, se querem mesmo ter um blog, têm que se informar muito, em sites próprios para blogueiros que ensinam coisas sobre layout, domínio, hospedagem, SEO… e claro, se esforçar muito para ter um conteúdo diferenciado a ponto de chamar a atenção desse mundão afora!

Amores, a Nanda SABE do que tá falando, viu? Ela, apesar de bem nova, já tem muita experiência. Amo o Tudo aos Dezoito, e espero que vocês se apaixonem também! Mamães, meninas que tem alguém passando por uma gravidez na adolescência, papais, enfim, vamos todos ler e seguir o blog OK?

Um xero beeem grande pra vocês, e Feliz Dia dos Namorados!


Papinho de Blogueiro · Sendo Eu

# Papinho de Blogueira – 02 (Com Bruna do Divergências Vitais)

Oi amores!!! Sexta-feira chegando, e minha maior vontade é o fim de semana!!! E a de vocês?

Sério meu povo, estou bem animada hoje aqui no blog, principalmente porque teremos a continuação do Projeto Papinho de Blogueira!! Nesse segundo post, teremos “entrevista” com uma blogueira que adoro desde que conheci. Sim, ela mesma, a Bruna do Divergências Vitais (querem conhecer o blog dela? Cliquem AQUI!)… Juro a vocês, o conteúdo dela é sem igual, tudo muito bem escrito e original, daqueles blogs que você acessa e pensa ‘Todo mundo deveria conhecer esse blog’!

Então, quando pensei em criar o ‘Papinho’, ela foi uma das blogueiras que eu TINHA que entrevistar! E, como eu sei que todos amam os posts de viagem dela (eu também!), é sobre isso que vamos falar hoje. Prestem muita atenção nas dicas dela, vão adorar!!

unnamed (15)

# Papinho de Blogueira – 02 (Com Bruna do Divergências Vitais)

Tema: Viagens e vida no Exterior

1. Quem acompanha seu blog (como eu!) sabe que você mora na Alemanha. Como foi que você decidiu que queria “morar fora do Brasil”? Minha família foi sempre muito ligada com a Alemanha, tanto que falávamos alemão em casa e minha mãe acabou conhecendo um alemão e entrando em um relacionamento com ele. Eles queriam se casar e eu (como a filha única da minha mãe) quis participar da data. A única forma de eu viver na Alemanha, ganhar meu dinheiro, crescer como pessoa e estar presente foi o ano Au-Pair. Não me arrependo da decisão.

2. E a escolha do país, como aconteceu? Você já conhece algum outro? Foi a mais natural… Eu já falava um dialeto alemão em casa, já tive familiares que trabalharam aqui e tenho muito amor pela Europa em si. Alemanha é muito mais que as Guerras Mundiais e Oktoberfest, é realmente um país interessante de conhecer e viver. Além da Alemanha conheço um pouco da Áustria, Suíça, Liechtenstein e Itália.

3. Pra quem quer viajar pra o exterior ou até morar por aí, qual o custo real da viagem? Quanto a pessoa precisa economizar? Em questões de passagem, tudo depende da Agência de Viagens que irá vender o ticket, a Empresa Aérea que você irá viajar, o número de escalas e a quantidade de tempo que irá ficar… Imaginem em torno de 3.000 a 4.000. Não podemos esquecer que tem custos com o passaporte, visto (se você quiser ficar mais que 3 meses) e todas as despesas que tiver por aqui. É uma bela grana se for somente para fazer turismo, mas vale a pena! Vir de Au-Pair compensa também pois além de conhecer um país por no máximo 1 ano, tem vários descontos em atividades culturais, você nao paga aluguel, alimentação… Gasta o dinheiro do salário somente com o que tiver vontade de fazer. Viagens, comprinhas, um “pé de meia”… tem muitas opções.

4. Quais as maiores diferenças que você encontrou entre o Brasil e a Alemanha? A educação e privacidade das pessoas. No Brasil, a maioria das pessoas que eu conheço é muito despreocupada em relação a sua vida privada. São muito receptivos a toques físicos, carinhosos, gostam de mostrar seus sentimentos, porém exageram em demonstrar coisas do dia-a-dia. Postam muita coisa em redes sociais, acham que todos tem que saber dos medos, problemas… Aqui é tudo diferente. Não digo que aqui são sérios demais, mas aqui priorizam a questão da sinceridade e neutralidade. O que acontece dentro de casa não é dito aos sete ventos, muito menos postado em Facebook. Fotos de casa, posses, superexposição, você pode esquecer… Outra coisa que eu achei muito diferente foi o fato da pessoa PRIMEIRO estudar, DEPOIS trabalhar. No Brasil, as pessoas começam a trabalhar com uma média de 16 anos, vão mal na escola por estarem cansados ou estressados demais, a educação fica “meia boca” e consequentemente, muitos profissionais saem da escola e não estão realmente prontos para atuar no mercado de trabalho. Aqui, a pessoa se forma na escola, daí começa a trabalhar. Dificilmente você verá um jovem de 18 anos com alguma experiência em algum emprego, pois aqui isso não tem necessidade. Eles formam bons profissionais, depois colocam eles para trabalhar. Acho super correto dessa forma!

5. E o seu trabalho por aí? Como está sendo a experiência de ser “Au-Pair”? Para falar a realidade, foi e é a maior reviravolta da minha vida. Eu tinha imaginado que aqui seria tudo diferente, mas entrei nesse emprego e tive que rever todos os meus conceitos. Vivendo com alguém que a princípio era desconhecido, aprendemos que nem todos tem a mentalidade igual e que nem toda a palavra contrária é reclamação, as vezes é só uma dica.

6. Quais as dicas que você daria pras pessoas que tem o sonho de trabalhar/ganhar a vida no exterior? Eu diria que nem tudo é fácil, mas disso todos já sabem… Se você vier para a Europa na esperança de guardar dinheiro, saiba que ficará super complicado se você não tiver foco no que quer. Se fizer comprinhas e viagens com muita frequencia, pode esquecer. No caso de empregos, você também encontrará muitas pessoas qualificadas competindo com você. As possibilidades de vir pra cá e ficar rico em pouco tempo são as mesmas que no Brasil: só ganhando na loteria. Mas como brasileiro sempre dá seu jeitinho, nada é impossível… só ter foco e força de vontade!

7. O que é indispensável saber antes de embarcar numa aventura Brasil afora (pra conhecer outros países)? O indispensável é saber que nem tudo custa tão barato e principalmente se informar sobre tudo antes. Para mim foi bom ver toda essa realidade na surpresa, mas ao mesmo tempo não é legal ter tanto problema e não ter ninguém para dar apoio. Pensem bastante nos prós e contras de tudo, o mundo é bem maior do que imaginamos… Outra coisa: estude muito a língua inglesa!

unnamed

unnamed (5)

Perguntas sobre o Blog:

1. Como surgiu a ideia de criar o blog? Durante um curso de Informática/Administração que eu fiz, fomos conhecendo as ferramentas gratuitas para divulgar ideias, empresas e tudo o mais que nos interessasse. Com isso chegamos na parte do blog, que me chamou bastante atenção. Em casa, depois de muito tempo de ter conseguido meu certificado, tive a ideia de fazer um texto e postar no blog que eu tinha feito da época do curso. Com o tempo fui gostando da ideia de escrever e postar, então montei um blog só meu e com assuntos que me interessavam. Desde o começo, a proposta era ele ser a minha veia de escape. No Diver escrevo quando eu quero, como eu quero e se eu quero. É bem libertador!

2. Do que você mais gosta de falar? O nome já diz: As divergências que apareceram na minha vida… a mudança de país, realidade, minhas viagens, amigos, lugares, pensamentos, dicas, músicas. Tem de tudo um pouco. Para variar mais ainda, tenho dois colaboradores super gente boa para me dar um apoio e agregar bastante valor ao bloguinho.

3. Um conselho pra quem quer ter um blog, mas não sabe como começar. Vou separar em itens: 1- Não se afobe. Seus textos ficarão bem mais legais se forem feitos de forma natural. 2- Escreva sobre assuntos que você goste, não o que imagina que os outros irão gostar. Leitores são consequência, não a meta. 3- Não coloque o blog como prioridade na sua vida, dê valor ao que acontece longe da internet. Se você sair, se divirta, tire fotos, faça o que tiver vontade… Depois pense em postar. 4- Use um layout leve, algo que não atrapalhe a leitura ou chame muito mais atenção que o texto. 5- Ortografia correta e textos sem emojis, “hahaha” “hehehe”, “hihihi”e afins, são muito mais gostosos de ler. Fique atento!  E a última: 6- Não faça do blog um verdadeiro diário, mantenha informações pessoais só para você. Se você tiver um blog pessoal, não faz mal escrever sobre sua vida, mas mesmo assim… bom senso é a chave!

Então, amores e amoras, é isso! Espero que tenham gostado e anotado as dicas dessa super blogueira! Vale a pena conhecer o blog dela, a Bruna é super competente, escreve como ninguém, enfim, o blog é tudo de bom!!!

Ah, me digam o que estão achando do projeto. Quem conhecer mais blogueiras(os)?

Um xero pra todo/as!!!

Mensagem do Dia: E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.Ezequiel 36:27

Papinho de Blogueiro · Sendo Eu

# Papinho de Blogueira – 01 (Com Cynthia e Ellen do Amigas e Vaidosas)

Oi meus amores, tudo bem??

Nossa, estou muito orgulhosa por finalmente poder compartilhar com vocês um projeto superlegal que criamos aqui no Blog! O Papinho de Blogueira!!!

Isso mesmo! Esse projeto traz algumas “entrevistas” com blogueiras que amo, sobre temas que elas entendem (e muito!)… Acho essencial esse contato entre nós da “blogosfera”, aprendemos muito uns com os outros, sobre os mais diversos temas.

para-meninas-capas-de-caderno-descolada-55-1012

Então, pra começar com o pé direito, o Papo de hoje é com duas queridas, a Ellen e a Cynthia do Amigas e Vaidosas! Como vocês já sabem, amo muito esse blog, e essas meninas dão um show de estilo com looks perfeitos, além de serem super humildes e simpáticas. Por isso, ninguém melhor do que elas para nos dar umas dicas valiosas sobre Moda e Tendências, e é sobre isso que conversamos. Vamos ao Papinho de Blogueira nº 1????

                    Ellen1  Cynthia3

Tema: Dicas de Moda e Tendências

.

1. Meninas, desde que comecei a acompanhar o blog de vocês (um dos primeiros que segui!), sempre encontro inspirações maravilhosas pra o meu dia a dia. Pra vocês, que entendem de moda, o que não pode faltar no look?

Helen: Mari fico super feliz em saber que fomos um dos primeiros blogs que você seguiu e que te inspiramos no seu dia a dia… muito obrigada pelo carinho amore!!! Bom, para mim o que não pode faltar num look é estar com roupas que você se sinta bem e abusar de acessórios! Para mim eles fazem toda a diferença!

Cynthia: Mari sua linda sempre muito carinhosa com a gente, muito obrigada!! Bom, acho que um bom look é quando você se sente feliz e confortável com a suas escolhas. Então o que não pode faltar é um belo sorriso no rosto rsrs!!!

Ellen2

.

2. Como vocês definiriam seu estilo? O que acham de seguir as tendências da moda, que estão sempre mudando?

Helen: Eu no geral tenho um estilo mais romântico e básico! Mas também me arrisco em compor outros estilos, acho que temos sempre que tentar nos reinventar! Sobre seguir tendências, eu não me apego a isto! Eu uso somente o que eu gosto e que me valoriza, não uso nada apenas por estar na moda. Na minha opinião não vale a pena gastar dinheiro com peças que você vai usar por uns meses e depois deixar de lado! Tudo o que eu tenho no meu guarda- roupa uso sempre, independente de estar ou não na moda.

Cynthia: Eu acho meu estilo básico rs, gostaria de ousar mais!! Mas de tanto ver looks lindos e que me inspiram muito, estou adorando vários estilos e tento pegar um pouco de cada rs!!!

.
3. Qual peça não pode faltar no guarda-roupas e qual não usariam de jeito nenhum?

Helen: Não pode faltar uma boa calça jeans! Ela sempre nos salva nos dias em que “não temos roupa”. Quanto a uma peça que não usaria de jeito nenhum, é diícil falar! Mas no momento diria saia midi… elas não me valorizam. Também não gosto de usar peças que pareçam vulgar, tipo: muito justa, decote e transparência numa peça só…

Cynthia: Com certeza jeans, não vivo sem kkk e é difícil falar qual não usaria… pois antes do blog eu não arriscava em algumas peças de roupas, mas depois que conheci o look em grupo estou amando criar looks com peças que nunca imaginei usar e adoro os resultados rs!!!

Cynthia1

.

4. Como ou em quem se inspiram para compor os looks?

Helen: Eu sou fã da Camila Coelho! Sonho em um dia ter um guarda roupas como o dela! rs… sempre linda e elegante!

Cynthia: Eu me inspiro em muitas meninas, mas adorooo os looks da Taci Alcolea.

.

5. Como conciliar essa paixão pelo mundo da moda e pelo blog com os afazeres do dia a dia?

Helen: Nossa… isso é super difícil!!! O blog não é apenas fazer um post, o que já dá muito trabalho para elaborar um conteúdo legal. Ainda temos comentários para responder, redes sociais que temos que interagir o tempo todo,.. e para mim que não vivo do Blog, trabalho fora, tenho casa, marido… é bem puxado! Mas quando fazemos por amor, que é o nosso caso, vamos dando um jeito! Aproveito a hora do almoço, e qualquer intervalo que eu tenha durante o dia para me dedicar ao blog! E como somos em 2, tentamos dividir e nos ajudar!

Cynthia: Bom, um blog exige muita dedicação mesmo. Eu graças a Deus tenho uma parceira maravilhosa que me ajuda muito, nós dividimos os dias de post e cada uma tem o seu dia certo para postar.

Ellen3

.

6. Pretendem seguir carreira na moda? Como?

Helen: Se eu pudesse viver apenas do Blog seria incrível!! Me dedico muito e se isso vier acontecer um dia, seria a realização de um sonho!

Cynthia: Na moda eu não sei….mas com o blog sim!!

.

7. Que dicas vocês poderiam dar pra quem quer compor looks atuais e cheios de bom gosto, como o que vocês vestem?

Helen: A primeira coisa é abrir a mente! Antes me limitava a fazer sempre as mesmas combinações, as mesmas peças… hoje eu tento sempre buscar fazer diferente! Vejo muitos blogs e Instagram de meninas estilosas e quando vejo looks que eu gosto, deixo salvo no meu celular para ter inspiração! Também aprendi a investir em qualidade e não em quantidade! Hoje prefiro uma roupa com tecido e corte bacana (que faz muita diferença no look) do que ter muitas peças.

Cynthia: A minha dica é usar sempre o que te faz se sentir bem e feliz.

Cynthia2

.

Perguntas sobre o Blog:


1. Como surgiu a ideia de criar o blog?

Helen: Eu sempre tive vontade de ter um blog, minhas primas sempre me falavam para fazer um, mas não tinha muita coragem. Um dia chamei a Cynthia para participar comigo do Look Em Grupo e ela topou, aí conversando descobri que ela também tinha essa vontade e decidimos criar o blog juntas!! Graças a Deus deu super certo para nós! Pois uma sempre ajuda e apoia a outra, acho isso muito importante quando se tem parceria! Para nós tem dado muito certo!!

Cynthia: O blog surgiu depois de um convite que a Ellen me fez para participar do Look em Grupo do mês de julho de 2014 que era look com uma amiga. Eu amei a ideia de participar e é claro aceitei na hora o convite. Era a minha primeira participação no look em grupo e amei!!! Nesse mesmo dia, nós conversamos sobre blogs e descobri que a Ellen amava esse mundo de blogueira e sempre teve vontade de fazer um blog e eu também gostava de acompanhar alguns blogs e também já havia pensado e criar um kkkk, mas sozinha eu não tinha coragem e a Ellen também não rsrs. Então surgiu a ideia de fazermos juntas e graças a Deus está dando muito certo. Amamos o Amigas & vaidosas!!!

.
2. Do que vocês mais gostam de falar?

Helen: Eu adoro postar Looks do Dia e também de fazer resenhas sobre produtos de beleza.

Cynthia: Eu amo post de look do dia e post com leitoras

.
3. Um conselho pra quem quer ter um blog, mas não sabe como começar.

Helen: Comece escolhendo falar sobre um assunto que você goste e te inspire! E se empenhe muito, faça com muito amor cada publicação ! E tenha paciência… rs…

Cynthia: Para começar um blog, não é difícil. Mas ter um, exige muita dedicação e muito carinho!! Se você fizer com muito carinho e amor com certeza dará tudo certo!!

.

E aí, gostaram???

Para conferir um pouco mais sobre esse blog tão querido, é só acessar o Amigas e Vaidosas!!!

Bjusss!