Me Inspira!

Mari Indica: Um pouco sobre a profissão de Assistente Social

Não sei se todos sabem, mas sou formada em Direito, já faz 5 anos. Não foi um curso que fiz por escolha própria (queria mesmo Ciências Biológicas), e não me identifiquei com o “universo” das profissões que o Direito oferece, mesmo depois de formada. Então, nesse ano, surgiu uma vontade imensa de mudar os rumos da minha vida profissional. Me sinto muito frustração pois não me sinto realizada profissionalmente, ainda mais em comparação com minha vida pessoal e familiar, áreas nas quais sou muito feliz!

Por isso, andei pensando bastante no que quero pra minha vida, no que gostaria mesmo de fazer, em como poderia usar meus talentos em prol da sociedade, sem ser mais uma pessoa que trabalha apenas pelo dinheiro no fim do mês. E depois de pensar muito, decidi fazer vestibular novamente, dessa vez, para Serviço Social.

dia-do-serv-social-960x900

Optei por esse curso, pois o Assistente Social (profissional formado em Serviço Social) tem muita relevância para o auxílio às camadas mais vulneráveis da sociedade, aquelas que ninguém nota, mas que muito sofrem por culpa da desigualdade social do nosso país. Sempre me incomodei MUITO com a pobreza, miséria, abusos que crianças, idosos, pessoas com deficiências sofrem, por isso, decidi sair da inércia e ajudar ativamente, de alguma maneira, essas pessoas.

Creio que irei me identificar bastante com o curso, e mais ainda, com a profissão em si. Sempre fui muito sensível a dor alheia, posso ser útil ajudando minha sociedade a prosperar.

Sei que o Assistente Social não ganha muito dinheiro, mas a realização pessoal e profissional, com certeza, compensarão.

Conheçam um pouco mais do trabalho do Assistente Social (Via Guia do Estudante):

Seja no campo empresarial ou em outras formas de exercício profissional o assistente social, formado pelo curso de Serviço Social, tem como objetivo amparar pessoas que de alguma forma não tem total acesso à cidadania, ajudando-os a resolver problemas ligados a educação, habitação, emprego, saúde. É uma profissão de cunho assistencial, ou seja, voltada para a promoção do bem-estar físico, psicológico e social. Este profissional pode trabalhar em empresas privadas, órgãos públicos e ONGs orientando e acompanhando pessoas e desenvolvendo programas de assistência dirigidos a diversos públicos como crianças em situação de risco, populações com poucos recursos financeiros ou afetadas por catástrofes naturais, idosos, etc

Gostaria de saber o que fazem da vida! Me contem!

Xero grande!

Anúncios

2 comentários em “Mari Indica: Um pouco sobre a profissão de Assistente Social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s