Minimalismo · SimplicidadeS

Como o MINIMALISMO facilitou minha vida

6ae1c95d46ef59239aa765f5fcb087a7

É fato: o Minimalismo é a nova “onda do pedaço”. Verdade, todo mundo tá falando, escrevendo, conversando, postando sobre esse tema. E eu não sou diferente! Heheh

Conheci esse tema depois de passar por um processo de “naturalização” (quero ser mais natural, menos fulana ou sicrana, mais eu mesma), antes de ver o tema dominar como “tendência”. Por isso mesmo, sigo o MINIMALISMO de acordo com o que é importante pra mim, não com tudo o que é proposto nas tendências.

**Aliás, deixo claro meu pensamento que você não deve seguir alguma tendência só porque os outros seguem. NÃO! Você tem que fazer o que é bom pra você, o que combina com sua VERDADE ou seus PRINCÍPIOS, não o que os outros fazem/querem/pensam. Seja fiel a você, acima de tudo!**

Então… Durante esse tempo que sigo, mesmo que involuntariamente, o Minimalismo, aprendi algumas coisas que facilitaram minha vida, que deram um novo significado e me ajudaram no meu propósito de VALORIZAR MAIS o interior do que perder tanto tempo com o EXTERIOR. E agora, vou compartilhar um pouco com vocês…

1. Minimalismo no armário – vocês já sabem, muito bem por sinal, minha “saga” do Armário Cápsula. Desde que reduzi o número de peças no meu armário (e, acreditem, quero reduzir ainda mais!), percebi que me tornei uma pessoa mais AUTÊNTICA e mais FIEL AO MEU ESTILO. Aliás, hoje só tenho peças que refletem quem sou, e o que quero transmitir, nada de armário cheio de roupas que não gosto e que nunca são usadas.

2. Minimalismo em casa – nunca falei por aqui sobre isso, mas sou viciada em organização ~ e meu esposo mais ainda. Por isso, quando iniciei o AC, comecei também a fazer uma “faxina” em minha casa. Tirei coisas que não uso, doei livros que estavam encostados, além de um mooonte de brinquedos de Davi. Isso foi MUUITO POSITIVO pra mim, pois agora não preciso passar um tempão procurando algo no meio da bagunça, além de manter um ambiente beeem mais limpo, o que diminui as alergias de Davi. Adorando ter uma casa menos “cheia” de coisas!!

3. Minimalismo na vida – o que aprendi com o Minimalismo pra minha vida como um todo? Amores, pra mim o minimalismo trouxe, acima de tudo, ACEITAÇÃO COM QUEM SOU, sem maquiagem, sem tinturas de cabelo, sem roupas caras, sem NADA! A Mariana natural é linda! Linda por dentro, interior que ficava escanteado, em meio a tantas tendências de moda e uma casa abarrotada (e desorganizada). E esse conceito, pelo menos pra mim, facilitou IMENSAMENTE minha vida, hoje vivida com mais simplicidade, sem me prender a cores, estilos, etc.

1a13da3537a8e18fe47894b4873d15b3

Olha, gente, deixo claro pra vocês que o conceito minimalista que sigo não é esse que está “na moda” ultimamente. Não tenho uma casa toda branca, não me visto apenas com branco/preto/cinza, não ligo pra ter um instagram/facebook mais “clean”. Acho que isso tudo é meio “modinha”, sabem? E o que é modinha enjoa, acaba.

Minha concepção é mais profunda, se liga mais à naturalidade de viver apenas com o que você gosta, com o que reflete seu eu, deixando de lado todas as outras coisas que não te representam, mas que você adota por ser “tendência”.

Aprendi com o MINIMALISMO, e quero passar pra vocês, que você é o que é, não o que o mundo quer que você seja. Você é bonito do jeito que Deus te fez, e não precisa seguir ninguém pra ser feliz. Cultive seu interior, e verá que não precisa de tantas coisas sem sentido, entende?

Xero grande!

Anúncios

5 comentários em “Como o MINIMALISMO facilitou minha vida

  1. Mari
    sinto que essa onde de minimalismo tem um lado bom, mas também tem um lado ruim.
    Acho que ele tem acomodado um pouco as pessoas, sabe?!
    Eu também tenho tentado aplica-lo no meu dia a dia, mas me policio muito pra não cair na mesmice, ou na comodidade de contar com ele.

    Amei teu post e as formas de inseri-lo, aos poucos, no nosso dia a dia!
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Falou e disse, Verinha! Por isso que achei tão legal ter conhecido o conceito antes de virar “modinha”. Acho que o minimalismo, como conceito de verdade, é tirar da sua vida o que te atrasa, o que não te faz feliz. Por exemplo, eu me sinto bem mais feliz sem tanta coisa em casa (seja roupa ou utensílios mesmo), assim não passo tanto tempo organizando, olhando um monte de roupa sem encontrar nenhuma que goste, e me sentindo cansada e desestimulada no final.
      Esse é o sentido real do minimalismo, pelo menos pra mim! Ser feliz com as pequenas coisas, não tomar todo o tempo do seu dia com coisas inúteis, que não te fazem feliz!
      Xero Verinha!!!!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s