Blogagens Coletivas · Sendo Eu

Não quero flores… sabe o que eu quero?

feminismo

Hoje não quero flores, nem chocolates, nem presentes baratos e sem significado…

Quero liberdade, liberdade de escolha, liberdade de poder andar na rua sem ouvir nenhum assovio e nem ficar com medo de passar por alguém, por algum lugar escuro, e algo de ruim me acontecer.

Não quero flores… quero viver de cabeça erguida, vestir e falar o que quero

Não quero flores… quero ter direitos iguais aos de qualquer homem

Não quero flores… quero respeito, carinho, me sentir especial

Não quero flores… quero não ser rotulada pela cor do meu batom ou pelo comprimento do meu vestido

Não quero flores… quero aceitação e acolhimento, sobretudo, pelas minhas irmãs de sexo

Não quero flores… quero poder falar o que quiser, sem ouvir um “você é uma moça!”

Não quero flores… quero acolhimento, seja eu gorda, magra, loira, morena, inteligente, seja lá como for.

Não quero flores… nem quero esse “presente” para nenhuma outra mulher.

Quero respeito para aquelas que vivem em relacionamentos abusivos, quero justiça para aquelas que sofrem violência de gênero, quero igualdade para aquelas que são humilhadas pelos maridos, pais, irmãos, amigos, quero solidariedade para aquelas que são hostilizadas por quem quer que seja, mesmo que do mesmo sexo que elas.

Quero poder ser mulher, menina, moderna, desleixada, “Amélia”, feminista, quero poder escolher meus próprios caminhos, da mesma maneira que qualquer outro homem.

E não quero isso apenas hoje, como um simbolismo desse dia. Quero que tudo isso se propague, pelos anos, pelas pessoas, para quem conheça ou não. Quero que meu filho me ajude nas tarefas domésticas, sem julgar que essa tarefa é “de mulher”. Quero que minha filha, prima, sobrinha, possam ser livres, sem sofrer humilhação de alguém da família, ou coagidas a fazer qualquer tarefa, por ela ser “de mulher”. Aliás, quero mesmo, que se acabem esses rótulos, de algo ser “de homem” ou “de mulher”.

É isso que eu quero.

Mais que flores.

Mais que chocolates.

Mais que um simples “Feliz dia da mulher”.

12191717_10207450342518984_5470877887559865017_n

Anúncios

12 comentários em “Não quero flores… sabe o que eu quero?

  1. UÔU! Eu deveria teclar com os pés porque as mãos só querem te aplaudir. Menina, me identifiquei horrores, pensamos tão parecido! Acho na verdade mesmo, que todas nós pensamos, a pena é que muitas não gritam por isso e se escondem atrás do sofrimento.
    Chega de flores e outros mimos. QUEREMOS RESPEITO!

    Amei, Mari. Amei!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muuuito feliz que você tenha gostado Bia!
      Adorei mesmo o tema, sinto que devemos mesmo falar mais sobre isso, porque ainda sofremos muita discriminação, muitas vezes de nós mesmas, quando nos enchemos de obrigações por sermos mulheres!
      Xero grandão!!! 🙂

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s