Papinho de Blogueiro · Sendo Eu

# Papinho de Blogueira – 02 (Com Bruna do Divergências Vitais)

Oi amores!!! Sexta-feira chegando, e minha maior vontade é o fim de semana!!! E a de vocês?

Sério meu povo, estou bem animada hoje aqui no blog, principalmente porque teremos a continuação do Projeto Papinho de Blogueira!! Nesse segundo post, teremos “entrevista” com uma blogueira que adoro desde que conheci. Sim, ela mesma, a Bruna do Divergências Vitais (querem conhecer o blog dela? Cliquem AQUI!)… Juro a vocês, o conteúdo dela é sem igual, tudo muito bem escrito e original, daqueles blogs que você acessa e pensa ‘Todo mundo deveria conhecer esse blog’!

Então, quando pensei em criar o ‘Papinho’, ela foi uma das blogueiras que eu TINHA que entrevistar! E, como eu sei que todos amam os posts de viagem dela (eu também!), é sobre isso que vamos falar hoje. Prestem muita atenção nas dicas dela, vão adorar!!

unnamed (15)

# Papinho de Blogueira – 02 (Com Bruna do Divergências Vitais)

Tema: Viagens e vida no Exterior

1. Quem acompanha seu blog (como eu!) sabe que você mora na Alemanha. Como foi que você decidiu que queria “morar fora do Brasil”? Minha família foi sempre muito ligada com a Alemanha, tanto que falávamos alemão em casa e minha mãe acabou conhecendo um alemão e entrando em um relacionamento com ele. Eles queriam se casar e eu (como a filha única da minha mãe) quis participar da data. A única forma de eu viver na Alemanha, ganhar meu dinheiro, crescer como pessoa e estar presente foi o ano Au-Pair. Não me arrependo da decisão.

2. E a escolha do país, como aconteceu? Você já conhece algum outro? Foi a mais natural… Eu já falava um dialeto alemão em casa, já tive familiares que trabalharam aqui e tenho muito amor pela Europa em si. Alemanha é muito mais que as Guerras Mundiais e Oktoberfest, é realmente um país interessante de conhecer e viver. Além da Alemanha conheço um pouco da Áustria, Suíça, Liechtenstein e Itália.

3. Pra quem quer viajar pra o exterior ou até morar por aí, qual o custo real da viagem? Quanto a pessoa precisa economizar? Em questões de passagem, tudo depende da Agência de Viagens que irá vender o ticket, a Empresa Aérea que você irá viajar, o número de escalas e a quantidade de tempo que irá ficar… Imaginem em torno de 3.000 a 4.000. Não podemos esquecer que tem custos com o passaporte, visto (se você quiser ficar mais que 3 meses) e todas as despesas que tiver por aqui. É uma bela grana se for somente para fazer turismo, mas vale a pena! Vir de Au-Pair compensa também pois além de conhecer um país por no máximo 1 ano, tem vários descontos em atividades culturais, você nao paga aluguel, alimentação… Gasta o dinheiro do salário somente com o que tiver vontade de fazer. Viagens, comprinhas, um “pé de meia”… tem muitas opções.

4. Quais as maiores diferenças que você encontrou entre o Brasil e a Alemanha? A educação e privacidade das pessoas. No Brasil, a maioria das pessoas que eu conheço é muito despreocupada em relação a sua vida privada. São muito receptivos a toques físicos, carinhosos, gostam de mostrar seus sentimentos, porém exageram em demonstrar coisas do dia-a-dia. Postam muita coisa em redes sociais, acham que todos tem que saber dos medos, problemas… Aqui é tudo diferente. Não digo que aqui são sérios demais, mas aqui priorizam a questão da sinceridade e neutralidade. O que acontece dentro de casa não é dito aos sete ventos, muito menos postado em Facebook. Fotos de casa, posses, superexposição, você pode esquecer… Outra coisa que eu achei muito diferente foi o fato da pessoa PRIMEIRO estudar, DEPOIS trabalhar. No Brasil, as pessoas começam a trabalhar com uma média de 16 anos, vão mal na escola por estarem cansados ou estressados demais, a educação fica “meia boca” e consequentemente, muitos profissionais saem da escola e não estão realmente prontos para atuar no mercado de trabalho. Aqui, a pessoa se forma na escola, daí começa a trabalhar. Dificilmente você verá um jovem de 18 anos com alguma experiência em algum emprego, pois aqui isso não tem necessidade. Eles formam bons profissionais, depois colocam eles para trabalhar. Acho super correto dessa forma!

5. E o seu trabalho por aí? Como está sendo a experiência de ser “Au-Pair”? Para falar a realidade, foi e é a maior reviravolta da minha vida. Eu tinha imaginado que aqui seria tudo diferente, mas entrei nesse emprego e tive que rever todos os meus conceitos. Vivendo com alguém que a princípio era desconhecido, aprendemos que nem todos tem a mentalidade igual e que nem toda a palavra contrária é reclamação, as vezes é só uma dica.

6. Quais as dicas que você daria pras pessoas que tem o sonho de trabalhar/ganhar a vida no exterior? Eu diria que nem tudo é fácil, mas disso todos já sabem… Se você vier para a Europa na esperança de guardar dinheiro, saiba que ficará super complicado se você não tiver foco no que quer. Se fizer comprinhas e viagens com muita frequencia, pode esquecer. No caso de empregos, você também encontrará muitas pessoas qualificadas competindo com você. As possibilidades de vir pra cá e ficar rico em pouco tempo são as mesmas que no Brasil: só ganhando na loteria. Mas como brasileiro sempre dá seu jeitinho, nada é impossível… só ter foco e força de vontade!

7. O que é indispensável saber antes de embarcar numa aventura Brasil afora (pra conhecer outros países)? O indispensável é saber que nem tudo custa tão barato e principalmente se informar sobre tudo antes. Para mim foi bom ver toda essa realidade na surpresa, mas ao mesmo tempo não é legal ter tanto problema e não ter ninguém para dar apoio. Pensem bastante nos prós e contras de tudo, o mundo é bem maior do que imaginamos… Outra coisa: estude muito a língua inglesa!

unnamed

unnamed (5)

Perguntas sobre o Blog:

1. Como surgiu a ideia de criar o blog? Durante um curso de Informática/Administração que eu fiz, fomos conhecendo as ferramentas gratuitas para divulgar ideias, empresas e tudo o mais que nos interessasse. Com isso chegamos na parte do blog, que me chamou bastante atenção. Em casa, depois de muito tempo de ter conseguido meu certificado, tive a ideia de fazer um texto e postar no blog que eu tinha feito da época do curso. Com o tempo fui gostando da ideia de escrever e postar, então montei um blog só meu e com assuntos que me interessavam. Desde o começo, a proposta era ele ser a minha veia de escape. No Diver escrevo quando eu quero, como eu quero e se eu quero. É bem libertador!

2. Do que você mais gosta de falar? O nome já diz: As divergências que apareceram na minha vida… a mudança de país, realidade, minhas viagens, amigos, lugares, pensamentos, dicas, músicas. Tem de tudo um pouco. Para variar mais ainda, tenho dois colaboradores super gente boa para me dar um apoio e agregar bastante valor ao bloguinho.

3. Um conselho pra quem quer ter um blog, mas não sabe como começar. Vou separar em itens: 1- Não se afobe. Seus textos ficarão bem mais legais se forem feitos de forma natural. 2- Escreva sobre assuntos que você goste, não o que imagina que os outros irão gostar. Leitores são consequência, não a meta. 3- Não coloque o blog como prioridade na sua vida, dê valor ao que acontece longe da internet. Se você sair, se divirta, tire fotos, faça o que tiver vontade… Depois pense em postar. 4- Use um layout leve, algo que não atrapalhe a leitura ou chame muito mais atenção que o texto. 5- Ortografia correta e textos sem emojis, “hahaha” “hehehe”, “hihihi”e afins, são muito mais gostosos de ler. Fique atento!  E a última: 6- Não faça do blog um verdadeiro diário, mantenha informações pessoais só para você. Se você tiver um blog pessoal, não faz mal escrever sobre sua vida, mas mesmo assim… bom senso é a chave!

Então, amores e amoras, é isso! Espero que tenham gostado e anotado as dicas dessa super blogueira! Vale a pena conhecer o blog dela, a Bruna é super competente, escreve como ninguém, enfim, o blog é tudo de bom!!!

Ah, me digam o que estão achando do projeto. Quem conhecer mais blogueiras(os)?

Um xero pra todo/as!!!

Mensagem do Dia: E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.Ezequiel 36:27

Anúncios

11 comentários em “# Papinho de Blogueira – 02 (Com Bruna do Divergências Vitais)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s