Sem categoria

Meu Processo de Transição Capilar: do ALISADO ao CACHEADO

    Oi amoresss… Como tem passado???

Hoje estou aqui pra compartilhar com vocês a respeito de um tema que já falei aqui antes, e sei que interessa a muitas meninas: Cabelos Cacheados. Num post anterior, falei sobre a questão da auto-estima, e hoje quero deixar pra vocês minha experiência pessoal com meu cabelo, que já passou do cacheado para o alisado, e agora está fazendo o processo inverso… hehehe

É gente, estou na transição há mais de 1 ano (acho que já fazem dois bons anos que estou nessa), e agora estou na fase final, já dá pra perceber bem os cachinhos…

irmandade

                                                                                           o “antes”

Então, depois de todo esse tempo, passei por diversas fases, e tiveram alguns momentos em que eu quase desisti (sim, é difícil!). Há um ano atrás não resisti e fiz um relaxamento temporário, que Graças a Deus caiu logo, e só me fez ter MAIS CERTEZA do que eu quero, ou melhor, do que eu NÃO QUERO! Não quero ser escrava da química, não quero ter meu cabelo sendo puxado várias e várias vezes até ficar liso, não quero ter que “aturar” a raiz crescendo (horrível!), não quero um cabelo quebradiço e todo ressecado… Aliás, não quero um cabelo NÃO MEU!!!

10994927_612472118884806_5757133330675923707_nalisado

Mas, a respeito de todo o processo em si, queria deixar umas dicas de uma QUASE CACHEADA pra vocês! Hehehe O que eu posso dizer a vocês sobre meu processo de TRANSIÇÃO???

Sendo sincera, demora muuuuito!!! Sério, a ponto de vocês querer desistir!!! Sendo um pouco mais “didática” (!), no começo usei quase sempre o cabelo preso ou, quando solto, usava de alguns artifícios pra deixar o cabelo mais uniforme (no começo, é mais fácil isso)… Gel, chapinha, eram meus maiores aliados!! E além disso, no dia a dia, MUUUUUITA HIDRATAÇÃO!!! Foi aí que comecei a seguir o CRONOGRAMA CAPILAR, alternando Hidratação, Nutrição e Restauração.

Com o passar dos meses (e crescimento da raiz), fiz meu primeiro corte!! Sério gente, foi de uma coragem INCRÍVEL cortar tanto cabelo (o meu alisado era beeem comprido), mas pelo menos foi um alívio, diminuiu bastante a quantidade de cabelo alisado. Continuei seguindo com a hidratação, cabelo preso, gel, etc. Gente, essa fase foi a PIOR de todas. É MUITO DIFÍCIL conciliar meio cabelo liso, meio cacheado, mas dá pra “dar um jeitinho”, né?

10957525_612472165551468_5440793347532914366_n

Mais um tempinho a frente, mais cabelo cacheado aparecendo, mais um corte (uma dica boa, mantenha sempre o cabelo meio curtinho – meio médio), finalmente deu pra ver a diferença – o aparecimento dos meus cachinhos!!!! Foi muito bom ver isso, ver que toda a espera estava valendo a pena. Abandonei o cabelo preso e os outros “artifícios”, e comecei a fazer a “FITAGEM” (pra quem não conhece, vale a pena pesquisar!). Com a fitagem, meu cabelo fica quase todo cacheado (só mais na frente que ainda está meio liso, o que dá pra prender se quiser) e, sério, estou AMANDO!!! Realmente, agora, essa sou euuuu!!!

1508015_612472228884795_4448117566000785625_n

Daqui a uns dias vou cortar de novo (!!!!), e sei que será o último… A partir daí, meu cabelitxo vai ficar todo NATURAL, do jeito que eu sempre quis!!!

Um conselho de amiga pra vocês (olha, que chique!): caso vocês tenham cabelo alisado e realmente GOSTEM dele assim (a ponto de aguentar as sessões de retoque, e a raiz crescendo), não precisa deixar cachear se esse não é o desejo de vocês. Minha intenção não é afirmar que o cabelo alisado é feio, ou ruim, mas dar um ponto de vista de quem não gosta, e quer voltar aos cachos… E pra você que, como eu, não quer mais alisar, aviso: MUITA PACIÊNCIA, E AMOR POR SEU CABELO!! Sim, vai demorar, mas com cuidado, dedicação e alguns pequenos “truques”, vocês vão ver que VAI VALER A PENA!!!

10407665_612472335551451_5860861478605501809_n

o “depois” – ficou melhor?

Gostam desse tipo de post??? Querem mais dicas pra ajudar na transição?? Me contem nos comentários!!!

Bjuss

Anúncios

8 comentários em “Meu Processo de Transição Capilar: do ALISADO ao CACHEADO

  1. Adorei esse tipo de post, Mari.
    Como já sabe estou em transição e vivendo tudo isso que já disse. Já tentei ano passado, mas desisti e agora, um ano depois decidi voltar
    É muito difícil, mas o mais importante para meninas como eu, é que existem pessoas como você, que já passaram por isso. Então, difícil é mas não é impossível.
    Detalhe: estou com somente um palmo de cabelo ‘meu’ kk, o que dificulta muito o processo, igual fitagem mesmo… não dá!

    Curtir

  2. Que lindaaa! E que felicidade em ver que é mais uma para as cacheadas! HAHA Deus é lindão demais, mt bom! Você vai chegar lá, e posso te garantir que valerá toda a pena!!! É maravilhoso sentir-se bem consigo mesma, se olhar e se sentir satisfeita com o seu cabelo e não aquela tentativa sempre de se parecer com alguém ou ter o cabelo que alguém quer que você teja. Eu nunca alisei ou fiz progressiva, mas relaxava a raiz, tirava o volume e me libertei da danada da química. E realmente é algo muito difícil, cortar então, nem se fala, sempre tive um cabelo grande, mas depois de cortar para tirar “pontas” que ainda estavam com a química do relaxamento, eu cortei redondo pro black, cresceu e cortei para doar, e aí redescobri o meu cabelo e a minha auto estima também. Se ame em primeiro, Deus te fez linda, do jeitinho que você é, mesmo que cheinha de toin toins.rs. E a cada dia que a sua descoberta por debaixo dos seus caracóis seja mais abençoada, cheia de surpresas e enrolada. Porque enrolar é o que queremos! kkkk Bjos lindona! :* ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s