Divagações...

JULGAMENTO: O que a Bíblia fala sobre isso

biblia-aberta_3283_1024x768

Oii amores!! Olha eu aqui de volta!!! Uhuuu!!

Como foi o fim de semana? Hum, bom!!

Antes de tudo, quero deixar registrado por aqui que estou simplesmente AMANDO escrever! Sério!!! Estou adorando poder expor minhas ideias, pensamentos e minha visão de vida por aqui… #sesentindorealizada kkkkkkk… Sem brincadeira, fico muito feliz em saber que outras pessoas podem ler o que penso, e mais, se identificar com minha visão de mundo… Sempre tive esse desejo em mim, sabe, de poder falar bem alto, MAS BEM ALTO MESMO, como diz naquela música “Ah, se o mundo inteiro me pudesse ouvir”… Sinto mesmo essa necessidade de ser ouvida! Meio louco, né? SÓ QUE NÃO!!

Bueno, então depois desses agradecimentos, queria falar com vocês hoje sobre algo que, para mim, é coisa séria, ou melhor, muito importante não só para mim pessoalmente, como para todo mundo (ou pelo menos deveria ser)… Agora que vocês estão me conhecendo, saibam que sou uma pessoa muito crente e temente a Deus, e que acho super importante falar sobre Ele e Sua Palavra, mesmo porque tudo isso é muito PRESENTE em minha vida, e espero poder passar um pouquinho disso para vocês também!!!

Julgamento-500x300

Sexta-feira um colega meu me mandou um texto bem interessante, falando sobre um tema meio polêmico (ui), mas que se aplica a todos nós, como seres imperfeitos que somos, e isso seria… O NOSSO MAU HÁBITO (PODEMOS CHAMAR DE VÍCIO TAMBÉM) DE JULGAR AS OUTRAS PESSOAS!!

É, meus amigos (!), todos nós, pouco ou muito, julgamos os outros, seja pelo modo de vestir, se comportar, falar, se mover, e até por coisas bem idiotas, como a cor do esmalte, por exemplo (Mariana, isso existe? Sim, minha gente, existe SIIIIIM!).

Entããããõ, vejam o que a Bíblia fala sobre Julgamento:

Um só é Legislador e Juiz, Aquele que pode salvar e fazer perecer; tu, porém, quem és, que julgas o próximo?” (Tg 4:12).

Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão ou julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz” (Tg 4:11)

Os textos bíblicos são, para mim, muuuuito atuais, e digo que, pelo menos em minha opinião, NINGUEM, nem o melhor intelectual conhecido, poderia ter falado tão bem sobre o ato de JULGAR como esse livro de mais de 200000 anos (é isso mesmo?). Concordo com a Palavra, quando ela diz que não somos NINGUEM para julgar os outros, pois o UNICO, deixo claro, que pode fazer isso é JESUS, e ELE NÃO FEZ ISSO, PELO CONTRÁRIO, ELE DEU SUA VIDA POR NÓS!! É muito fácil criticar e julgar os outros, especialmente quando eles fazem coisas de que não gostamos. Mas TEMOS que nos livrar disso em nossas vidas, e perceber que NÃO SOMOS NINGUEM para julgar os outros. Não somos perfeitos, por isso não podemos exigir perfeição de ninguém!

Acho que devemos sim, olhar para o nosso próximo com mais compreensão, nos identificar mais com ele e com o que passa, pois todos somos IGUAIS, HUMANOS E CHEIOS, DIGO DE NOVO CHEEEIOS DE DEFEITOS!!!

Finalizo meu breve (ironia) texto, com uma historinha bem interessante, que veio antes do estudo que meu amigo (OBRIGADA AMIGO MIRABEAU) enviou:

Um jovem casal havia se mudado para uma casa em frente à residência de uma idosa viúva, do outro lado da rua. Certa manhã, enquanto a jovem lavava a louça, ela olhou pela janela de sua cozinha e notou a vizinha pendurando a roupa para secar.

Venha ver a roupa que nossa vizinha está estendendo – ainda está suja!”, disse a jovem, chamando o marido. “Pelo visto, ela não lavou direito. Por que alguém penduraria roupa suja para secar? Talvez ela esteja ficando caduca.” Seu marido deu risada, mas não disse nada. Assim foi por três semanas. Toda semana a jovem fazia os mesmos comentários ao observar sua vizinha estendendo no varal a roupa suja. E, cada vez, seu marido simplesmente ria e, em seguida, permanecia em silêncio.

Um dia pela manhã, a jovem deu uma olhada pela janela e, imediatamente, notou que algo estava diferente. “Olhe!”, ela exclamou para seu marido. “Parece que nossa vizinha finalmente aprendeu a lavar roupa direito. Quem será que a ajudou?”

O esposo sorriu. “Querida, acordei mais cedo esta manhã e, finalmente, limpei a janela da nossa cozinha.”

Tenham uma semana abençoada!!!

Beijinhos!

P.S.: Não digo com isso que devemos aceitar tudo calados, injustiças e tudo mais. Digo com isso, que devemos maneirar com julgamentos bobos, que não nos edificam e muitas vezes nos impedem de conhecer alguém legal, apenas por preconceito, OK????

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s